Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.

April 24 2015

9741 388f 500
Bukowski "Kobiety"

April 23 2015

0307 3cfb
Reposted fromretaliate retaliate viaaknatazs aknatazs

April 19 2015

Reposted fromharing haring viaundertow undertow

June 11 2014

Play fullscreen

Quem te ver passar assim por mim
Não sabe o que é sofrer
Ter que ver você assim sempre tão linda

Contemplar o sol do teu olhar, perder você no ar
Na certeza de um amor
me achar um nada

(...)

Nunca acreditei na ilusão de ter você pra mim
Me atormenta a previsão do nosso destino

Eu passando o dia a te esperar,

você sem me notar.

Reposted fromszszsz szszsz

April 07 2014

Veronica aqui :)

Pais portugueses a viver no UK ^^'
Espero encontrar pessoas interessantes por cá :)

December 03 2013

Biblioteca do Convento de Mafra
Reposted fromszszsz szszsz

November 13 2013

As pessoas que não têm alegria na vida podem ter a esperanca de se alegrar. As pessoas que andam sempre descontentes continuam a ter hipóteses de virem a contentar-se. As insatisfeitas podem muito bem satisfazer-se. Mas feliz é uma coisa que ninguém se toma, que ninguém fica e que ninguém compra. Ou se é, ou não se é.
— Miguel Esteves Cardoso, “Os Meus Problemas”
Reposted fromszszsz szszsz

May 03 2013

5788 9465 500
Lisbon, Portugal
Reposted fromszszsz szszsz
6317 5f2b 500
Sintra, Portugal
Reposted fromszszsz szszsz
6424 8907 500
Sintra, Portugal
Reposted fromszszsz szszsz
6614 9557 500
Lisbon, Portugal
Reposted fromszszsz szszsz

O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.
O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

Alberto Caeiro

Reposted fromfoxden foxden

March 27 2013

Helena Almeida, Pintura Habitada (1975).
Reposted fromfoxden foxden
Helena Almeida, Pintura Habitada (1975).
Reposted fromfoxden foxden

March 20 2013

Play fullscreen
Mariza - Medo (Homenagem a Amália Rodrigues)

Quem dorme à noite comigo
É meu segredo,
Mas se insistirem, lhes digo,
O medo mora comigo,
Mas só o medo, mas só o medo

E cedo porque me embala
Num vai-vem de solidão,
É com silêncio que fala,
Com voz de móvel que estala
E nos perturba a razão

Gritar quem pode salvar-me
Do que está dentro de mim
Gostava até de matar-me,
Mas eu sei que ele há-de esperar-me
Ao pé da ponte do fim.
Reposted fromfoxden foxden

March 12 2013

4569 5b7b 500
38°47' N, 9°30' W (the furthest west point of continental Europe)
4913 38f6 500
lisbon

March 02 2013

Reposted fromfoxden foxden
Older posts are this way If this message doesn't go away, click anywhere on the page to continue loading posts.
Could not load more posts
Maybe Soup is currently being updated? I'll try again automatically in a few seconds...
Just a second, loading more posts...
You've reached the end.

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl